Duo d'água

WhatsApp Image 2021-02-20 at 15.55.23.jp

Parceria investiga a água em movimento: o corpo do rio

Princípios próprios dos corpos que dançam, como equilíbrio, peso, volume, fluência, pausa…

são ao mesmo tempo desconstruídos e estimulados pelo rio que potencializa outra corporeidade.

Chão de água corrente. Pele d’água. 

Corpos que pretendem se mover a partir da qualidade do elemento. 

Água de fora e água de dentro.

A dança como meio de conhecimento do mundo tem na água grande lição. 

O aprendizado do ser para além de agente transformador, ser transformado pela permeabilidade e  fluidez inevitável.

Concepção e dança: Lu Favoreto e Wilson Aguiar

Criação de audiovisual e câmera: Luciana Canton

Música: Alício Amaral

LU FAVORETO ||  Graduada em Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas, iniciou seus estudos em dança desde 1975. Em 1987 iniciou sua investigação sobre a relação entre estrutura corporal e movimento vivenciado, tendo como orientadores Zélia Monteiro e Klauss Vianna. Em 1994 encontrou um aprofundamento nessa pesquisa no método da fisioterapeuta francesa M. M. Béziers - “A Coordenação Motora”- o qual se fundamenta desde então. Em 1995 fundou o Estúdio Nova Dança/São Paulo, espaço voltado ao ensino, pesquisa e criação. Desde então investiu na aplicação das abordagens somáticas tanto em suas criações cênicas como em seus trabalhos didáticos/pedagógicos, áreas de atuação desenvolvidas paralelamente e co-produtoras. No trabalho didático ministrou aulas no Estúdio Nova Dança entre 1995 e 2007, foi professora da Faculdade de Dança UNIMESSantos/SP (1995-96) e da Faculdade de Dança e Movimento da Universidade Anhembi Morumbi (de 1999 a 2009). Entre 2003 e 2007 desenvolveu trabalho de preparação corporal para o ator no Núcleo experimental de Teatro do Sesi – São Paulo. Em 2000 fundou a Cia Oito Nova Dança, na qual trabalha como diretora e intérprete-criadora. Junto à Cia. vem realizando diversos trabalhos artísticos e recebeu diversos prêmios. Desde 2009 tem como parceira a diretora de teatro Cibele Forjaz e realizou Preparação corporal e Direção de movimento em vários de seus espetáculos. Atualmente ministra aulas de técnica, pesquisa e criação em dança no Estúdio Oito Nova Dança, atual sede da Cia Oito Nova Dança, a qual integra e dirige.

WILSON AGUIAR || Integrou o elenco do Balé da Cidade de São Paulo. Recebeu os Prêmios APCA de Bailarino em 1986 e Prêmio APCA de coreógrafo com Fractal, em 1990. Participou de diversos trabalhos com os diretores: José Possi Neto, como bailarino e coreógrafo; Emilio de Biasi, como ator, cenógrafo e coreógrafo; José Celso Martinez Corrêa, como ator e coreógrafo; Regina Galdino como coreógrafo; Maria Cecília Cerroti em 10 anos de parceria em cenografia. Realizou os projetos das salas de espetáculos: Sala Crisantempo, Teatro Municipal de Santana de Parnaíba, Sala do Teatro do Núcleo Experimental, Atelier Cênico e Salas Multifuncionais Pulsarte. Atualmente trabalhando como cenógrafo, bailarino e coreógrafo em teatro dança, cinema e televisão. Seus últimos trabalhos foram "Devolve duas horas da minha vida" e "Dez anos em oito e meio", de Alex Soares, e "Machomachine", de Luciana Canton.